Bulldog Inglês
Idioma: Português Inglês Espanhol
Reserva do Rei Bulldog Inglês

Você está em: Início > Bulldog Inglês > Artigos




Com a palavra, o Criador Paulo Tagliari (Stormbulls)


1 - PORQUE O BULLDOG E COMO TUDO COMEÇOU?


Começamos com Bulldog Americano quando lemos uma reportagem que eram cães extremamente difíceis de adestrar, como adoramos um desafio compramos nosso primeiro casal, Hunter que veio a ser o melhor BA do Brasil em 2004 falecido ano passado e a Sally, ainda conosco aqui no ES, adquirimos experiência na criação e em 2007 fomos convidados a mudar para o ES para uma sociedade na criação do Bulldog Inglês, Marcos nosso sócio sempre foi um amante de cães, criava a raça Sharpei e queria iniciar a criação de Bulldogs com qualidade, mas não tinha tempo para acompanhar o processo de forma integral, assim em março daquele ano mudávamos com nossos ABs para Jacaraípe na região metropolitana de Vitória - ES, iniciando assim nossos trabalhos com a raça, hoje somos cada vez mais apaixonados pela raça mantendo um plantel de 10 matrizes e 4 padreadores.


2 - QUAL A ROTINA DO CANIL?


Nossa rotina é de um canil de manejo intenso, pois trabalhamos com adestramento e alteração comportamental de cães e temos além dos cães de plantel, cerca de 15 cães em treinamento e mais alguns cães que usamos em Mondioring, um esporte originário da Europa. Toda manhã os Bulldogs são soltos todos juntos para recreação enquanto um funcionário faz a limpeza e desinfecção dos canis, na parte da tarde alguns dos cães do plantel saem para passeios, sempre respeitando horários e condicionamento físico de cada um, os cães ficam em baias em dupla ou trio, temos duplas inseparáveis, como Hummer e Josh (machos), Patola e Laredo (machos), Fama e Leona (fêmeas) vez por outra surge algum atrito mas ao simples comando de dentro de casa mesmo eles encerram a discussão, usamos frequentemente a matilha de Bulldogs para acertar um ou outro cão de cliente que tenha problema comportamental. Outro ponto que somos frequentemente questionados é sobre o calor, nossos cães vivem sem ar condicionado, sem ventilador e graças a Deus sem problema algum com o calor aqui do ES, apesar de o canil ser em um local bem ventilado é comum temperaturas que ultrapassem 35° e até mais de 40° no verão. Ia esquecendo, temos duas gatinhas que convivem com os Bulldogs sem problema algum comprovando a socialização de nossos cães.


3 - QUAIS AS RECOMENDAÇÕES PARA QUEM ESTÁ PENSANDO EM ADQUIRIR UM BULLDOG?


Estude, pesquise, pergunte, tire todas as dúvidas, se estiver longe peça pra ver o filhote pela Web Cam, todo mundo tem computador conectado ao MSN ou Skype ficando fácil pra ver o filhote ao vivo. Se não tiver experiência com educação e comunicação com cães contrate um adestrador capacitado para orientar nas fases de socialização e imprinting do filhote e principalmente cuidado com as promoções, sempre com um valor aquém do mercado vem um problema, ou vc acha que um Celular de R$ 50,00 tem a mesma qualidade que um de R$ 500,00?



4 - QUAIS SÃO AS PRINCIPAIS DICAS PARA AQUELES QUE JÁ SÃO PROPRIETÁRIOS?


Cachorro não foi feito para tomar banho, quem dirá semanalmente, Bulldog é um cão que deve ser banhado no máximo a cada 15 dias, se vc acha que seu cão exala odor forte, pense em gastar um pouco mais em uma ração de qualidade, procure receitas ou produtos para banho a seco, o odor vai diminuir muito. Cuidado com produtos de limpeza, eles podem ser a causa da maioria dos problemas de pele de seu Bulldog. Na questão comportamental falo com experiência de quem trabalha com comportamento a quase 10 anos e só no ultimo ano orientamos ou alteramos comportamento de mais de 15 Bulldogs, eles não são nenhum bicho de 7 cabeças na questão de comportamento, são teimosos, mas são facilmente subornáveis kkk então use de inteligência e você vai fazer o que quer de seu BI.


5: E PARA AQUELES QUE PENSAM EM COMEÇAR A CRIAR?


Estude, pesquise, visite canis, peça pra acompanhar uma ninhada se possível, mantenha contato com criadores idôneos que criam com qualidade, procure um veterinário que tenha experiência com a raça, vai ajudar muito na manutenção do plantel, inicie com 2 matrizes, machos não são necessários ao inicio de um plantel, é mais fácil buscar padreamentos externos que ficar preso a um só padreador. Outra dica super importante, se pensa em ganhar dinheiro com a criação de Bulldog, está começando de forma errada, se conseguir manter um canil de criação sem precisar injetar dinheiro de outra fonte de renda já está conseguindo um ótimo resultado.




6 - QUAL O PERFIL DO PROPRIETÁRIO IDEAL?


Pessoas com situação financeira e emocional bem definida, que entendam que estão adquirindo um cão e não um Bebê, que entendam que cães devem ser tratados como cães, com regras, disciplina, ótima alimentação e carinho na medida certa, exatamente nessa ordem.


7 - QUAL A SUA OPINIÃO SOBRE O PLANTEL NACIONAL?


A cada dia o plantel nacional melhora de qualidade, é só acompanhar os sites dos criadores de ponta, todos estão investindo em cães de linhas renomadas, e já começam a colher os frutos com cães exportados para Europa e conquistando títulos em vários países de renome na criação mundial. 


8 - AINDA SOMOS UM PAÍS IMPORTADOR DE BULLDOGS? SIM / NÃO E PORQUÊ?


R: SIM e NÃO, SIM porque ainda se necessitam de importações pois há linhas sólidas de excelente qualidade que devemos trazer para o Brasil e NÃO porque é fato que estamos nos tornando um pais exportador de material genético, ora se estamos exportando é porque estão notando a qualidade de nosso plantel.


9 - QUAL A SUA OPINIÃO SOBRE AS EXPOSIÇÕES NO BRASIL E A QUALIDADE DE NOSSOS ÁRBITROS?


Tenho estado afastado das exposições, mas acredito que o modelo de exposições deveria ser revisto, com árbitros julgando em exposições especializadas, premiando cães e não apresentações.



10 - QUAL A SUA MAIOR FELIDICADE COMO CRIADOR?


Sentar no chão e ser escalado por 5 ou 6 filhotes com 50 dias, é impagável. 


11 - QUAL A SUA OPINIÃO SOBRE AS ALTERAÇÕES NO PADRÃO DA RAÇA?


Toda alteração que venha a melhorar a qualidade de vida dos cães é bem vinda.


12 - O QUE NÃO PODE FALTAR NUM BULLDOG?


Um corpo poderoso, compacto, com cabeça proporcional, um peito com boa abertura e uma movimentação fluente e com desenvoltura. 


http://www.bulldogue.com.br



Outros Artigos



Voltar