Bulldog Inglês
Idioma: Português Inglês Espanhol
Reserva do Rei Bulldog Inglês

Você está em: Início > Bulldog Inglês > Artigos




Os cuidados com os cães idosos

977

O cão quanto mais avança na velhice, e quanto mais idade adquire, mais caráter ele desenvolve, desde que tenha tido tanta companhia humana quanto for possível. Apesar de algumas variações de acordo com as diferentes raças e portes, em geral cães entram na "terceira idade" com 6 a 8 anos de vida. Esta certamente é uma das fases mais críticas da vida do seu bichinho e do seu relacionamento com ele. Animais idosos têm necessidades muito especiais e podem exigir mais cuidados e paciência do que os filhotes. A maioria dos problemas de saúde que surgem nesta fase podem ser prevenidos ou identificados e tratados precocemente garantindo a qualidade de vida do seu cão. Para isso, é indispensável a consulta veterinária semestral para acompanhamento clínico e laboratorial dos animais assim que eles entram nesta fase. O envelhecimento do cão é muito difícil, tanto para o cão, quanto para o dono. Se você facilitar as coisas, a vida de ambos será muito mais feliz. Com o passar do tempo a visão e a audição deterioram-se. Nesta altura, evite mudanças radicais do mobiliário, hábitos e horários. O animal adapta-se perfeitamente a mudanças graduais, mas se forem súbitas, podem causar um profundo stress e aumentar o risco de doenças. Portanto, caso você precise fazer uma reforma na sua casa, deixe seu cão longe da bagunça e se puder, mude os móveis aos poucos e sutilmente. Com a instalação da artrite, por exemplo, deve-se dar especial atenção ao piso, que não deve ser nunca escorregadio. Também nesta fase, as escovações e o toque são muito importantes para assegurar ao cão a sua presença e amizade. Da mesma forma, podem ainda auxiliar na descoberta de elevações na pele. O seu fiel amigo de tanto tempo precisa saber que você está lá para o que der e vier. Especialmente porque com a diminuição dos sentidos, pode vir a ficar mais temeroso e dependente de você. Ter dois cães idosos pode ser bastante positivo para que um faça companhia ao outro, mas nada impede que você adquira um filhote, que pode dar uma nova alegria à vida do nosso velhinho. No entanto, é importante prestar atenção ao temperamento do seu cão mais velho: nem todos têm paciência para aguentar a energia e as brincadeiras dos filhotes. Se os cães sempre foram acostumados a atividades específicas - como ir às exposições, frequentar parques, fazer truques e brincadeiras - é importante que continue podendo exercê-las mesmo depois de certa idade. As brincadeiras como correrias e jogos de bola, normalmente devem ser adaptadas à terceira idade. Não é preciso parar de jogar a bolinha para o seu cão, mas talvez seja prudente jogá-la mais perto e menos vezes. Mas o principal cuidado que devemos ter com os nossos velhinhos é continuar amando-os como nunca, não o deixando de lado nem descuidando-se dele agora que ele já não está tão lindo quanto na sua infância. Afinal, ele foi seu amigo fiel e lhe dedicou toda uma vida. O mínimo que você deve fazer é cuidar para que a sua velhice seja a melhor velhice possível.



Fonte: www.dogtimes.com.br/terceiraidade www.animaldoctor.com.br/gerdog

Outros Artigos



Voltar